Operação Candeal: Polícia Civil identifica homicida foragido

 

Foto: Secretaria de Segurança Pública do Estado de Sergipe

Policiais civis da Delegacia Regional de Estância realizaram operação policial no final da madrugada desta quarta-feira (08) com o objetivo de realizar a prisão de Mateus Batista Oliveira. A operação é continuidade da operação Candeal, deflagrada em junho de 2021 para desarticular uma associação criminosa responsável pelo tráfico de drogas e homicídios. 

A operação também contou com o apoio de policiais civis da Delegacia Regional de Lagarto. O investigado já possuía um mandado de prisão preventiva por crime de homicídio ocorrido no ano de 2020. Na ação, Mateus revidou contra a equipe e foi atingido. Apesar de ter sido socorrido, acabou morrendo.  

Segundo a delegada Viviane Jardim, Mateus era alvo de investigações desde o início do ano, mas conseguiu fugir do cerco policial durante a deflagração da Operação Candeal. "As investigações na tentativa de localizá-lo prosseguiram, e identificamos que  ele estava no município de Lagarto", explicou Viviane Jardim. 

Operação Candeal - A Operação Candeal foi deflagrada com o intuito de desarticular uma associação criminosa fixada no bairro Candeal, em Estância, mas atingia vários bairros e cidades circunvizinhas. As investigações iniciaram há cerca de oito meses e se concentram no bairro Cadeal, onde foi cumprida a maioria dos mandados de prisão.

Durante os levantamentos, foram identificadas, por parte do grupo, as práticas dos crimes de homicídios tentados e consumados, tráfico ilícito de drogas, porte e comercialização de arma de fogo e munições, roubos, dentre outros crimes.

A ação contou com policiais da Delegacia Regional de Estância, da Coordenadoria das Delegacias do Interior (Copci), de diversas Delegacias do interior, do 6º Batalhão da Polícia Militar, do Canil da PM, Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) e da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol).

 

Informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Sergipe

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário