Governo de Sergipe leva alimentos e kits de higiene e limpeza para famílias atingidas pelas chuvas em Canindé

 

Foto: Governo do Estado de Sergipe (Reprodução)

Após fortes chuvas que atingiram as residências de 39 famílias do município de Canindé de São Francisco, no último final de semana, o Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (Seias), mobilizou suas equipes, nesta segunda-feira (29), para levar 39 cestas de alimentos e 80 kits com materiais de higiene e limpeza para as famílias afetadas. A Defesa Civil Estadual também se uniu à operação e segue em Canindé para gerenciar o desastre e avaliar a situação de casas que foram danificadas.

Das 39 famílias atingidas, nove ficaram desabrigadas e estão acolhidas em abrigo temporário, segundo a secretária municipal de Assistência Social de Canindé de São Francisco, Edilma Lins. “Desde as primeiras horas do acontecido, fizemos uma busca ativa nas áreas mais atingidas para identificar as famílias que sofreram mais com esse impacto. Foram realizadas algumas ações de imediato, como a retirada de famílias que estavam em locais sem condições de moradia e que perderam seus bens. Neste momento, é muito importante a união de esforços com o Governo de Sergipe. A sociedade também tem se mobilizado para nos dar apoio com doações voluntárias”, disse Edilma.

Além de entregar cestas de alimentos e kits de higiene e limpeza, a Seias também colabora com o município de Canindé  prestando as orientações necessárias sobre os serviços socioassistenciais, como explica a diretora estadual de Assistência Social, Inácia Brito. “As equipes da Diretoria de Assistência e Desenvolvimento Social (DADS) e da Coordenação de Gestão do Sistema Único de Assistência Social (CG-Suas) estão prestando as orientações técnicas à gestão local. Eventos de calamidades e emergências como este requerem que todos os entes se articulem para um melhor atendimento e acolhimento às famílias atingidas”, reforçou Inácia.

O diretor do Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil de Sergipe (Depec/SE), Luciano Queiroz, reforça que as equipes também seguem no município para avaliar a situação. “Desde sábado, 27, recebemos solicitações e vídeos do ocorrido em Canindé. De imediato, encaminhamos uma equipe ao município, para gerenciar o desastre junto com a estrutura municipal. Nesta segunda (29), encaminhamos uma equipe de Engenharia para avaliar a situação de casas que foram danificadas e se há riscos de desabamento”, afirmou.

Recomendações da Defesa Civil

Ainda durante o ocorrido em Canindé de São Francisco, duas pessoas foram a óbito após o carro em que estavam ter caído num riacho. O diretor da Defesa Civil reforça ainda mais as recomendações de cuidado. “O motorista tentou atravessar uma passagem com grande volume de água, mas nessas situações há aquaplanagem e o carro foi arrastado pela correnteza até o riacho. A principal recomendação é não se aventurar nas regiões que alagam. A população deve evitar estar em local descampado, principalmente em rios ou lagos, pois há riscos tanto de danos materiais quanto físicos”, alertou Queiroz.

 

Informações do Governo do Estado de Sergipe

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário