Testemunhas estão sendo coagidas em Canindé de São Francisco pela coligação Agora é a Vez do Povo (PT e Solidariedade), diz denúncia protocolada na Polícia Federal

 

Foto: Polícia Federal em Sergipe | Reprodução NE Notícias

Nesta segunda-feira, 14 de junho de 2021, a Coligação Canindé Feliz de Novo (PSD, PSL, MDB, REDE E REPUBLICANOS) apresentou a Polícia Federal e a Justiça denúncias de coação e corrupção de testemunhas com o uso de dinheiro público de pessoas ligadas ao atual prefeito do município de Canindé de São Francisco, região do Sertão.

De acordo com a denúncia, a coação das testemunhas é em razão das ações que visam à cassação dos mandatos do prefeito e vice-prefeito de Canindé de São Francisco, por práticas de captação ilícita de sufrágio, corrupção eleitoral e abuso de poder econômico pela coligação Agora é a Vez do Povo (PT e Solidariedade), nas eleições municipais de 2020.

As audiências serão realizadas nos dias 15, 16 e 17 de junho do presente ano. Na Capital sergipana o assunto rendeu “A turma antiga voltou a Canindé e estão aliciando testemunhas usando dinheiro público”.

Será que Canindé voltará aos tempos sombrios novamente?

 

Por Damião Feitosa

Jornalista DRT-0005839/BA

Google Plus

1 comentários: