Exclusivo: Polícia Civil e Perícia realizam reconstituição de cena do caso Juninho

 

Foto: Exclusividade Site Jornal do Sertão | Damião Feitosa

Na tarde deste sábado, 26 de junho de 2021, nossa equipe de reportagem acompanhou a reconstituição da cena do caso Juninho, na Rua 02 do Bairro Olaria em Canindé de São Francisco, Sergipe.

O menor foi atingido durante uma ação da Polícia Militar contra o tráfico de drogas no Bairro Olaria no dia 23 de maio deste ano. Na ocasião “Juninho” estava com dois traficantes conhecidos na região, quando houve trocas de tiro com a guarnição.  

A Polícia Civil junto com a Perícia Criminal e apoio operacional da Polícia Militar realizaram a reconstituição da cena. O Delegado Douglas Lucena falou sobre a ação que aconteceu durante toda a tarde deste sábado: “No dia de hoje, aconteceu aqui no município de Canindé de São Francisco uma reprodução simulada dos fatos que visa apurar as versões apresentadas no caso da criança que foi atingida por um projétil de arma de fogo disparada em uma operação policial no dia 23 de maio. A reprodução aconteceu no Bairro Olaria, nas ruas dois e três, local onde os fatos se deram. As investigações continuam e aguardaremos a resposta dos peritos através de um laudo que será confeccionado pelo Instituto de Criminalística”, concluiu.

 

Por Damião Feitosa

Jornalista DRT-0005839/BA


Confira as cenas da reconstituição:















Google Plus

9 comentários:

  1. Troca de tiro?kkkk esse jornalismo não está sendo realista, todos nós sabemos que não ouve troca de tiros e sim um assassinato de uma criança assustada que ao ver a viatura correu e foi alvejada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você nem estava neste bairro, como você saber que não houve troca de tiro ?

      Teve troca de tiro sim.
      Mas não foi criança que atirou, foram os dois adultos que estava com ele.

      Excluir
    2. Foi um assassinato sim, porque nessa postagem agora tirou os nomes dos 2 traficante? Sera que foi porque apagou as outras postagens

      Excluir
  2. Espero que o caso Juninho seja esclarecido. Pois não é justo um inocente ,uma criança além de perder a vida ainda ser julgado como traficante.

    ResponderExcluir
  3. Você que está criticado o jornalista, ele apenas está trazendo as informações da polícia militar.
    Que é a verdade.

    ResponderExcluir
  4. Esse menino estava envolvido com o tráfico de droga sim. Ele não troco tiro com polícia, quem atirou contra a polícia foram os adultos que estavam com ele.

    ResponderExcluir
  5. Tem várias crianças envolvidas com tráfico de droga neste mesmo bairro.
    A polícia apenas está fazendo trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazendo o trabalho mantando? Isso que é o trabalho da polícia?

      Excluir
    2. Falo apenas uma coisa, precisamos cuidar mais de nossas crianças, para que não sejam vítimas desse mundo que ofereçe tantas coisas erradas...

      Excluir