Toque de recolher continua até o dia 31 em Sergipe; Fim de semana terá período maior para a restrição, com toque de recolher ás 18h

Foto: Governo do Estado de Sergipe

O governador Belivaldo Chagas anunciou a prorrogação das medidas contidas nas últimas resoluções estaduais até o dia 31 deste mês, com ampliação do horário para o toque de recolher entre a próxima sexta-feira (26) e o domingo (28), das 18h às 5h. De acordo com a Resolução nº 14, fica mantido o toque de recolher das 20h às 5h nos demais dias da semana. A informação foi divulgada no início da noite desta segunda-feira (22), em coletiva de imprensa realizada logo após a reunião do Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (Ctcae), que acompanha o cenário epidemiológico dos últimos dias no estado. 

Nos dias da semana (até a quinta-feira) fica mantido, também, o horário final de funcionamento dos estabelecimentos de serviços e comerciais, inclusive lojas de conveniência, até às 18h, e dos supermercados e congêneres até as 19h, de modo a garantir o deslocamento dos seus colaboradores às suas residências. Já na sexta, sábado e domingo, todos, incluindo supermercados e congêneres, devem encerrar as atividades até às 17h.

“A próxima reunião está prevista para uma quarta-feira, dia 31, mas se for necessário convocamos uma reunião extraordinária antes. As medidas adotadas, normalmente, precisam de uns 15 dias para ter um resultado. Mas o que já dá pra perceber é que houve uma redução considerável com relação aos pacientes de trauma na rede de saúde”, explicou Belivaldo, destacando que o toque de recolher realizado na última semana resultou na redução de vítimas de acidentes que chegam ao Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), o que contribui, também, para aliviar a sobrecarga dos profissionais da área”, afirmou Belivaldo. 

Óbitos e orientação médica

O governador ressaltou que todos precisam continuar colaborando com as medidas restritivas devido ao alto número de contaminação e óbitos no estado.  “A previsão de óbitos, que foi feita pela UFS, nos leva a possibilidade de que, no dia 3 de abril, a média chegue a 38 óbitos por dia. Que Deus nos ajude que isso não aconteça, mas para isso todos precisam continuar alertas e colaborando. Ontem, nós fechamos 758 pacientes internados e precisamos trabalhar com redução desses números”. 

Para reduzir os altos índices de internação e óbitos, Belivaldo pediu, ainda, que a população procure orientação médica assim que identificado os sintomas iniciais da Covid-19, já que muitos pacientes estão chegando às unidades de Saúde já em estado grave por não terem procurado ajuda antes ou morrendo em seus próprios lares. 

Retorno às aulas e ampliação da testagem

Na reunião do próximo dia 31, também será discutido o retorno das aulas presenciais, inicialmente previsto para o dia 5 de abril.  

Segundo o chefe do Executivo estadual, já foi autorizada, também, a ampliação da testagem em parceria com a Universidade Federal de Sergipe (UFS), em mais municípios sergipanos. “De acordo com os últimos relatórios de testagem, os exames RT-PCR realizados nos municípios popularmente conhecidos pelos festejos de carnaval tiveram altos índices de testes positivos confirmados, como tínhamos previsto devido às aglomerações no período”, informou.

 

Informações do Governo do Estado de Sergipe 

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário