Ministério Público recomenda realização de barreiras sanitárias e desligamento da energia elétrica de áreas públicas após as 21h em Canindé de São Francisco, Sergipe

Foto: Arquivo do Site Jornal do Sertão | Marcos Alves

O Ministério Público do Estado de Sergipe, através da Promotoria de Justiça da Comarca de Canindé de São Francisco, considerando a situação excepcional e extraordinária da pandemia gerada pela doença COVID-19, também atingindo o estado de Sergipe; O surgimento de casos da COVID-19 em Canindé de São Francisco nas últimas semanas; Os últimos decretos estadual e municipal, reforçando a necessidade do isolamento social; As limitações clínico-hospitalares para o tratamento da COVID-19 no município e cidades circunvizinhas, recomenda ao prefeito municipal a adoção das seguintes medidas:
1.    O uso obrigatório de máscaras em locais públicos;





2.    A realização semanal de barreiras sanitárias em todas as entradas da cidade de Canindé de São Francisco/SE, com a realização de testes rápidos para detecção de contaminação pelo novo coronavírus;

3.    A adoção de medidas administrativas, observada a competência municipal, de acordo com a Constituição Federal, para reforçar o isolamento social no município: Isolamento de praças públicas, quadra de esportes e desligamento da energia elétrica das áreas públicas a partir das 21:00 horas;

4.    Proibição, por tempo indeterminado, da realização de qualquer atividade pública e social a causar qualquer tipo de aglomeração de pessoas, principalmente a prática de esporte coletivo, eventos festivos de qualquer natureza, corridas de cavalo e vaquejada, em qualquer das suas modalidades, passeios de lancha e jet-ski, isolamento da Prainha Beira Rio e fechamento imediato dos estabelecimentos comerciais não essenciais, com exceção de supermercados, padarias, lojas de alimentos (animal e humano) e frigoríficos, bem como as instituições bancárias, observada às regras sanitárias de higienização e distanciamento social.

A recomendação foi publicada pelo Promotor de Justiça Emerson Oliveira Andrade, nesta segunda-feira 11 de maio de 2020.

Por Damião Feitosa do Jornal do Sertão
Jornalista DRT 5839/BA




Google Plus

4 comentários:

  1. Ainda tem brecha ,deveria fazer igual a Delmiro Gouveia q só entra quem mora lá, piranhas já proibiu outras pessoas de fora entra ,mas Canindé, recebe pessoas de todos os lugares, de POÇO, piranhas olho d água e pessoas de Piau que vem tirarem dinheiro aqui

    ResponderExcluir
  2. Um ponto que chama a atenção, é o desligamento da energia elétrica nas áreas públicas a partir da 21 horas, isso quer dizer que praças irão ficar as escuras? A bandidagem vai fazer a festa, pontos comerciais situados nessas locais irão ficar mais vulneráveis com a escuridão, vamos rever esse ponto.

    ResponderExcluir
  3. Isso só vai facilitar para os bandidos

    ResponderExcluir