Governo de Sergipe recomenda uso de máscara para quem precisar sair às ruas

Foto: Reprodução Governo do Estado de Sergipe

O governo do Estado, por meio do Decreto Nº 40.576, desta quinta-feira (16), recomendou o uso de máscaras pela população em geral nos casos de circulação em áreas públicas e de uso comum em Sergipe. O isolamento social e a higienização frequente das mãos com água e sabão, ou álcool gel a 70%, dentre outros cuidados, ainda são recomendados.

Segundo o o governador Belivaldo Chagas, as máscaras devem ser usadas por aqueles que, inevitavelmente, precisem sair de casa para trabalhar, circular em vias públicas, usar o transporte coletivo, ir ao supermercado ou farmácia. “Nós determinamos o uso de máscaras para os profissionais dos tipos de comércios que foram autorizados a abrir a partir do decreto. E recomendamos o uso de máscaras de tecido pela população sergipana”, ressaltou Belivaldo.





De acordo com a infectologista e coordenadora do Núcleo de Epidemiologia, Segurança do Paciente e Infecção Hospitalar (NESPIH), do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), Iza Fraga Lobo, assim como o isolamento social, o uso de máscara representa uma forma de barreira para evitar a propagação do vírus. Para a especialista, a alternativa é importante para aquelas pessoas que precisam sair de casa por alguma necessidade. 

“A máscara de tecido é para uso individual e lavável. Ela é para aquelas pessoas que estão em casa e que precisam sair para resolver alguma necessidade na rua ou para aqueles trabalhadores que não estão na frente da assistência ao paciente. Ela deve ser confeccionada na medida correta cobrindo boca e nariz, além de proteger a lateral do rosto. É importante ter mais de uma máscara para uso diário e ser trocada quando necessário. A lavagem deve ser com água e sabão deixando cerca de 30 minutos de molho, os tecidos devem ser leves para facilitar a respiração e deixar a pessoa de forma confortável, por isso o aconselhável são tecidos de algodão, TNT, tricoline. Essa é uma ideia de baixo custo e que ajuda na proteção contra o coronavírus durante a pandemia”, frisou a médica.

O Ministério da Saúde (MS), também, recomenda à população o uso do modelo confeccionado com tecido, deixando a prioridade das máscaras cirúrgicas e de maior proteção, como a N95 para uso do profissional de saúde e sintomáticos do coronavírus. 


Informações do Governo do Estado de Sergipe




Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário