FPI/SE flagra abertura de trilha, cercamento e construção de centro de visitantes irregular na Grota do Angico

Foto: Fiscalização Preventiva Integrada em Sergipe

A Fiscalização Preventiva Integrada em Sergipe – coordenada pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal e pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco – flagrou o início da construção irregular de um centro de visitantes e de um cercamento há 200 metros da Grota do Angico, em Canindé do São Francisco. No local histórico onde foram mortos Lampião, Maria Bonita e mais 12 cangaceiros estava sendo feita uma picada (abertura de trilha na mata) e o cercamento de uma área para construção de um centro de visitantes.
Todas as intervenções são irregulares, pois o local faz parte do Monumento Natural Grota do Angico que é uma Unidade de Conservação Estadual, é tombado pelo Patrimônio Histórico Estadual e e está em processo de tombamento pelo Patrimônio Histórico Nacional. O flagrante foi realizado durante fiscalização da equipe Flora em parceria com a equipe Espeleologia e Arqueologia.

A procuradora da República Lívia Tinôco, coordenadora da FPI, acompanhou o flagrante. “O local da picada fica a menos de 200 metros da Grota do Angico e estava sendo construído à luz do dia. No local já havia freezers e outros equipamentos para o centro de visitantes irregular”, destacou. A procuradora informou, ainda, que o flagrante terá desdobramento criminal, pois a lei proíbe dano a unidades de conservação.

Coordenador da equipe Flora, o engenheiro florestal Elisio Marinho Neto informou que os responsáveis pela construção foram notificados e receberam prazo de sete dias para retirar as estruturas e equipamentos irregulares do local. O mais grave é que, segundo os trabalhadores que executavam a obra, a determinação partiu de um irmão de membro do Conselho Gestor da Unidade de Conservação, ou seja, pessoa com amplo conhecimento da ilegalidade.
Órgãos que integram a equipe Flora

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), da Administração Estadual do Meio Ambiente de Sergipe (Adema) e por integrantes do Pelotão Ambiental da Polícia Militar.

Órgãos que integram a equipe Espeleologia, Arqueologia e Paleontologia

Centro da Terra-Grupo Espeleológico de Sergipe (CT/SE), Museu de Arqueologia de Xingó (MAX/UFS), Ministério Público Federal em Sergipe (MPF), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Grupamento Tático Aéreo (GTA/SE), Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBM/SE) e profissionais colaboradores de diversas áreas do conhecimento.
Órgãos e Instituições que integram a FPI/SE 2019

Ministério Público do Estado de Sergipe (MPSE), Ministério Público Federal (MPF), Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF), Ordem dos Advogados do Brasil Secção Sergipe (OAB/SE), Departamento da Polícia Federal em Sergipe (DPF), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento em Sergipe (SFA), Museu de Arqueologia de Xingó (MAX), Universidade Federal de Sergipe (UFS), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA/SE), Marinha do Brasil, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Federal de Sergipe (IFS), Centro de Triagem de Animais Silvestres do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (CETAS/IBAMA), Fundação Cultural Palmares (FCP), Administração Estadual do Meio Ambiente de Sergipe (ADEMA), Polícia Militar do Estado de Sergipe (PM/SE), Grupamento Tático Aéreo (GTA), Secretaria de Estado da Saúde de Sergipe (SES/SE), Coordenação de Vigilância Sanitária de Sergipe (COVISA/SE), Fundação de Cultura e Arte Aperipê (FUNCAP/SE), Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (LACEN), Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade/Superintentência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (SEDURBS/SERHMA/SE), Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (EMDAGRO/SE), Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBM/SE), Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (AGRESE/SE), Centro da Terra – Grupo Espeleológico de Sergipe (CT/SE), Centro de Manejo de Fauna da Caatinga (CEMAFAUNA).


Assessoria de Comunicação – FPI/SE
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário