“Estava no lugar errado e com as pessoas erradas, apenas.” diz Tenente-Coronel Ianderson Coutinho sobre a condução de Ailton Cornélio ao 4º BPM

Foto: Redes Sociais de Ailton Cornélio 

A operação policial realizada na cidade de Canindé de São Francisco, Sergipe, na última quarta-feira dia 06 de junho de 2018, que resultou na prisão de seis pessoas acusadas de envolvimento em ataques a agências bancárias no sertão alagoano, foi compartilhada em diversos sites e nas redes sociais junto a fotos não divulgadas pela Secretária de Segurança Pública do Estado de Sergipe e pelo 4º Batalhão de Polícia Militar, envolvendo inclusive uma pessoa da cidade de Canindé, que não tinha ligação com o grupo.  

Nossa equipe manteve contato com o Tenente-Coronel do 4º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Sergipe, Ianderson Coutinho, e conversamos sobre as publicações que estão sendo compartilhadas de forma independente, não oficial pela SSP/SE, que envolve Ailton Cornélio Rodrigues, conhecido na cidade como Buga.

Tenente-Coronel Ianderson Coutinho: “Não Houve nenhuma participação de Ailton Cornélio Rodrigues. O único fato que pode ser relacionado, foi que o mesmo estava com os envolvidos, estava no lugar errado, na hora errada e com as pessoas erradas, foi ouvido no 4º BPM e após foi encaminhado para ser ouvido em Delmiro Gouveia, Alagoas. Foi comprovado que ele não tinha nada há ver, que ele não participava de nada, apenas estava no lugar errado e com as pessoas erradas”. Concluiu.

Por Damião Feitosa do Jornal do Sertão

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário