Homens rendem vigilantes do Museu de Arqueologia de Xingó e levam armas e duas motocicletas

Foto: Internet
Durante a noite da última terça-feira, 27 de março de 2018, por volta das 23h40min, quatro elementos renderam os dois vigilantes do Museu de Arqueologia de Xingó (MAX) – Museu que pertence a Universidade Federal de Sergipe, criado no ano de 2000 com o objetivo de expor e preservar o patrimônio arqueológico de Xingó. O museu foi desenvolvido pela UFS em parceria com a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) - localizado no município de Canindé de São Francisco, região do sertão sergipano, e subtraíram às armas, duas motocicletas, uma de modelo Honda Pop, cor preta, e outra modelo Honda CG 160, cor preta, e os coletes dos guardas.
Durante a ação os indivíduos amarraram os dois vigilantes, que permaneceram presos por volta de uma hora, dificultando a localização dos autores.
Policiais Militares do 4º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Sergipe, sob o comando do Tenente-Coronel Fábio Rolemberg, realizaram diligencias mas não conseguiram localizar os suspeitos.

Por Damião Feitosa do Jornal do Sertão
Com Informações do 4º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Sergipe

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário