Manifestantes do MST ocupam as instalações da Usina Hidrelétrica de Xingó

Foto: Grupos de WhatsApp
No início da manhã de ontem, terça-feira dia 20 de março de 2018, manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam as instalações da Usina Hidrelétrica de Xingó, na cidade de Canindé de São Francisco, região do sertão de Sergipe.
A atividade faz parte da Jornada de Lutas do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra pelo direito à água. O movimento foi realizado simultaneamente nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe.
O ato iniciou por volta das 6h00min da manhã na portaria da Usina Hidrelétrica de Xingó a 6 quilômetros da sede do município de Canindé. O Tenente-Coronel do 4º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Sergipe, Fábio Rolemberg, participava de uma reunião na capital sergipana, Aracaju, quando recebeu a informação do protesto, de imediato comunicou ao Comando Geral da PMSE, com evolução do ato, o TC Fábio Rolemberg e o negociador da PMSE Major Marcos Carvalho deslocaram-se em uma aeronave para a cidade sertaneja. Policiais da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (CIOPAC) ficaram de prontidão na sede da 1ª Companhia do 4º BPM.
Foto: 4º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Sergipe
As negociações foram iniciadas pelo Subcomandante do 4º BPM/SE, Major Anael. Os manifestantes, aproximadamente 100 entre homens e mulheres, segundo dados da Polícia Militar, reivindicavam uma audiência com a superintendência da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a solicitação seria referente a problemas de bombeamento de água do Perímetro Irrigado do Jacaré Curituba.
Por volta das 11h00min, os manifestantes adentraram a Usina, sendo necessário o deslocamento da CIOPAC e de policiais do 4º BPM para fazerem um cordão de isolamento evitando o acesso dos manifestantes as dependências internas. Após negociações com o Major Anael, os militantes retraíram ao local inicial. Logo após as primeiras negociações chegaram a localidade o TC Rolemberg e o Major Marcos Carvalho que assumiram as negociações e mantiveram contato com os representantes das instituições e conseguiram agendar uma audiência com uma comissão do MST para a próxima quinta-feira 22 de março de 2018, às 14h00min. A manifestação foi encerrada às 16h40min.

Por Damião Feitosa do Jornal do Sertão
Com Informações do 4º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Sergipe

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário