Em Paudalho, Pernambuco, a comandante da Guarda Municipal, extrapola os limites de sua função

 


O nome dela é Rebeca Figueiredo, servidora de carreira da prefeitura, e há mais de 7 anos, assumiu como comandante da Guarda Municipal de Paudalho (PE).

Tem uma história de superação incrível, era muito acima do peso, e conseguiu com muita luta mudar a vida depois de cirurgia bariátrica, como mostra nas suas redes sociais, mas essa demonstração de superação poderia ser combustível para mostrar que ela poderia sim, ser referência para toda sociedade Paudalhense.

Inclusive relatos de vários guardas municipais de que a comandante tem forçado os servidores a prática de regime militar. Essa prática é abusiva, infringindo um preceito constitucional, que diz que a guarda municipal não pode ser militarizada, pois a corporação executa suas ações dentro de uma estrutura administrativa.

Segundo informações recebidas, a comandante da Guarda Municipal de Paudalho, está respondendo diversos Processos Administrativos Disciplinares.

Processos administrativos

Os processos são por abuso de poder, perseguição e ameaça aos próprios colegas guardas municipais. Também nos foi relatado, que além dos processos administrativos, a comandante está sendo investigada pela delegacia de Paudalho por ter ameaçado um guarda municipal.

Pelo que apuramos com fontes seguras, apesar da Prefeitura ter mandado arquivar os processos, o Ministério Público de Pernambuco, pediu o afastamento da Comandante Rebeca de suas funções.

 

Confira imagens:

 










Protegida

Ligada politicamente ao atual prefeito da cidade Marcello Campos Gouveia, que é empresário e político, a comandante se mantém no cargo sobre a força de um clã poderoso que comanda a região de Paudalho.

Mesmo com todo o histórico de problemas envolvendo a comandante e seus liderados, o atual prefeito não tem a coragem de retirá-la da função. Até que ponto ela é importante para o prefeito de Paudalho? E a população não tem que ser prioridade da gestão?

 

Fonte: site Higor Trindade

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário