Na mira do Ministério Público, fogos de artifícios podem ser proibidos durante período junino em Canindé de São Francisco

Foto: Ilustração Internet | Reprodução Uol

Os fogos de artifícios sempre foram utilizados sem qualquer controle e especialmente em determinados períodos do ano, à exemplo das festas juninas e ano novo.

Ocorre que essa tradição tem cada vez mais perdendo apoio popular uma vez que significativa parte da sociedade se sente incomodada com o excesso de barulho muito das vezes as altas horas da noite.

Especialistas defendem a proibição ou substituição dos fogos de artifícios tradicionais os que fazem muito barulho pelos fogos de artifícios sem som apenas com efeito visual.

Idosos, criança, animais, enfermos, pessoas com espectro autista sofrem demasiadamente com tais barulhos.  Um verdadeiro suplício.

Canindé de São Francisco tem um alto índice de idosos e pessoas com espectro autista as quais sofrem muito com tal situação.  Sem falar dos animais e enfermos.

“Recebemos algumas denúncias e é preciso discutir essa situação com a sociedade e autoridades locais. Muitos municípios já editaram lei regulamentando o assunto. Precisamos respeitar o direito dos mais vulneráveis e para isso será designada uma audiência para um amplo debate”, concluiu o Promotor de Justiça Drº Paulo José.   

 

Informações da Promotoria de Justiça de Canindé de São Francisco, Sergipe

 

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário