Ministério Público e DESO entram em acordo, estabelece investimentos e suspende por mais 30 dias taxa de esgoto em Canindé de São Francisco

 

Foto: Damião Feitosa | Site Jornal do Sertão

Na tarde desta terça-feira (12), aconteceu na Promotoria de Justiça em Canindé de São Francisco, Sergipe, uma audiência para discutir os investimentos da Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO) para melhoria no fornecimento de água no município.

Ficou estabelecido que a Deso irá providenciar imediatamente cinco mil metros quadrados de tubulações no intuito de permitir melhorias no abastecimento da sede do município.

A Deso ficou obrigada a realizar projeto amplo de investimento em Canindé no prazo máximo de 90 dias.

Os povoados Capim Grosso e Curitiba também foram objetos da audiência.  Ficou designada para a próxima quarta-feira (20), audiência entre a Deso,  Município e Ministério Público visando solucionar a falta de água na região.

Na audiência foi determinado que a Deso fornecerá água em carro pipa para as escolas do povoados até a regularidade no fornecimento de água.

Em relação à taxa de esgoto ficou esclarecido que Canindé é o único município que a tarifa ainda não é cobrada, mas a cobrança só poderá ser feita após a população mais carente solicitar a tarifa social.

“Esperamos uma mudança radical na fornecimento de água no município de Canindé pois não tem sentido a cidade ser margeada pelo velho Chico e a população sofrer com a falta d'água”,  finalizou o Promotor de Justiça Drº Paulo José.

 

Por Damião Feitosa

Jornalista DRT-0005839/BA

Informações da Promotoria de Justiça do Município de Canindé de São Francisco, Sergipe  

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário