Cope e Dipol prendem em flagrante suspeito de vender pornografia infantojuvenil

 

Foto: Secretaria de Segurança Pública do Estado de Sergipe

Na data de hoje (21), equipes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Divisão de Inteligência (Dipol) prenderam em flagrante Alexandre Antônio de Souza Menezes, suspeito de vender pornografia envolvendo menores de idade através de aplicativos de mensagens. 

Em investigação, os agentes identificaram que o suspeito que trabalhava com a venda de planos de internet estava vendendo conteúdos de exploração sexual infantojuvenil por meio de aplicativos de mensagens. Segundo eles, após encontrar um possível cliente, o indivíduo oferecia o envio de conteúdo de pornografia envolvendo menores de idade mediante pagamento.

Por meio da constatação de que Alexadre estava praticando tal ação criminosa, as equipes de investigação identificaram seu paradeiro e o localizaram na posse de um aparelho celular do qual fazia uso para armazenar e compartilhar o conteúdo ilegal destinado à venda dos "pacotes de pedofilia". Os preços variavam de acordo com o tipo de arquivo e os pagamentos eram feitos por meios digitais.

O homem confessou o crime, afirmando que vendia tais conteúdos por meio de aplicativos como WhatsApp e Telegram. O aparelho foi apreendido e imediatamente encaminhado para perícia, enquanto Alexandre foi preso em flagrante pelos delitos de armazenamento e compartilhamento de conteúdo pornografico de exploração sexual infantojuvenil.

Apurações iniciais não indicaram o envolvimento de Alexandre em crimes anteriores, no entanto, a investigação demonstra que ele praticava tais ações há tempos, sendo as próximas diligências empreendidas com o objetivo de identificar outros possíveis envolvidos, a exemplo dos consumidores do conteúdo pornográfico ofertado pelo indivíduo. 

 

Informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Sergipe

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário