Polícia Militar promove evento solidário para crianças e adultos vivendo com HIV/Aids

Foto: Polícia Militar do Estado de Sergipe

Na manhã dessa terça-feira, 2, a Polícia Militar do Estado Sergipe, por meio do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam), promoveu evento solidário para crianças e adultos assistidas pelo Instituto de Filantropia Bom Samaritano, que realiza um trabalho de apoio a quem vive com HIV/Aids em Aracaju. A sede do grupamento foi palco de uma manhã de brincadeiras, lanches e solidariedade, que também contou com a presença de amigos e familiares.

Para a coordenadora do instituto, a senhora Maria de Fátima, o evento é de suma importância para a continuidade do funcionamento da casa de apoio. “Hoje assistimos oito moradores e damos suporte a 45 crianças vivendo com HIV. Também damos suporte a 97 mulheres que não tem benefício nenhum do governo, todas, pessoas carentes. A ajuda de hoje, doando estas cestas básicas que vai contribuir com essas mulheres que não tem renda e sofrem preconceito de estar vivendo com o vírus do HIV.”

O Dr. Almir Santana, que coordena o Programa Estadual de DST/Aids desde 1987, ressaltou o ineditismo do evento em nível nacional. “Essa ação do Getam é inédita ate a nível nacional, nunca ouvi falar em outros estados de uma ação da polícia, que visse o lado social para pessoas vivendo com Aids, dai a importância dessa ação, que partiu dos próprios militares, mostrando  que o preconceito esta sendo derrubado. Ações como esta eram impensáveis até anos atrás. Fico muito feliz com a iniciativa de vocês, policiais militares por criar este evento.” Parabenizou o coordenador.

O comandante do Getam, tenente-coronel Gilmar Santos Santana se mostrou satisfeito com o evento e com a tropa. “Nós estamos desempenhando uma série de eventos voltados para aproximar a população da polícia militar, por meio do Getam, e o saldo é muito positivo. Desmistificando essa ideia de que a PM é só para repressão, a Policia Militar abre suas portas para receber a sociedade e isso é muito importante. Hoje é um dia especial porque estamos recebendo crianças que vivem com uma doença tão grave. O carinho e atenção com elas tem que ser redobrado. Um evento desse porte traz, para a Polícia Militar, uma alegria enorme e leva um pouco mais de solidariedade e conforto essas famílias.” Completou o oficial.


Informações da Polícia Militar do Estado de Sergipe
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário