Estudante do Colégio Estadual Dom Juvêncio de Britto que tirou 960 pontos na redação do Enem é aprovada no curso de Odontologia da UFS em 1º lugar

Foto: Marcos Alves | Site Jornal do Sertão

Thalita Daniela Teixeira Barbosa, estudante do Colégio Estadual Dom Juvêncio de Britto e do Curso Pré-Universitário da Secretaria de Estado da Educação (Preuni/Seed), Polo Canindé de São Francisco, conseguiu a nota 960 na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018). Thalita foi aprovada no curso de Odontologia da Universidade Federal de Sergipe (UFS) em 1º lugar.

Nossa equipe conversou com a estudante e com dois professores do Colégio Estadual Dom Juvêncio de Britto, Fabrízio Varjão (Filosofia e Sociologia) e Ilson Barros (Língua Portuguesa).

Damião Feitosa: “Thalita, “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet” era um tema já esperado, como você se preparou durante todo o ano para fazer a redação e a nota foi surpresa para você”?

Thalita Daniela: “Para mim foi uma surpresa a pontuação, porque um mês antes, no Pré-Seed havíamos feito um simulado e eu não tinha alcançado uma nota tão alta, posteriormente alcancei 960, cem pontos a mais. Foi muito importante o apoio dos professores do colégio e do Pré-Seed, inclusive a professora Cristilene foi uma grande apoiadora, além de meus colegas e familiares”.

Damião Feitosa: “Professor Ilson Barros, o que achou do tema da redação 2018 e do desempenho da aluna Thalitta Daniela”?

Professor Ilson Barros: “Considero o tema bastante pertinente, tendo em vista as novas redes sociais, a tecnologia, a internet em um modo geral e, o tema era bastante especifico no sentido do controle, que as redes sociais, a internet de um modo geral ela tem sobre o comportamento humano. A escola tem um grande papel nesse momento porque ela pode trabalhar tanto temáticas nesse sentido, assim como também pode apresentar técnica, toda a estrutura do texto, tudo que é necessário, para desenvolvê-lo da melhor forma possível. A nota da aluna para a escola foi uma vitória, para nós é de grande satisfação”.

Damião Feitosa: “Professor Fabrízio Varjão, hoje a sensação é de dever cumprido ao ver uma aluna alcançar 960 pontos em uma redação e qual a contribuição das disciplinas de sociologia e filosofia nessa conquista”?

Professor Fabrízio Varjão: “É uma satisfação, um orgulho muito grande, de ver nosso trabalho ser coroado com o sucesso do nosso aluno, porque é a nossa razão de ser enquanto escola. A Thalita é um exemplo de dedicação, de aluna dedicada, que aproveitou o momento, a oportunidade que teve, as ferramentas dadas pela escola, pelos professores e, ali ela parte, vai construindo, porque depende muito o sucesso nessa caminhada, na nota do Enem como um todo, é uma construção do aluno em si, que ele vai aproveitando, o que pegou na escola e também no Pré-Seed. A contribuição na Sociologia é buscar o entendimento dessa realidade e na Filosofia é construir desenvolver um pensamento crítico sobre o tema, sobre o assunto, por isso são disciplinas que ajudam na formatação das argumentações das redações”, finalizou.

A aluna Thalita Barbosa obteve a maior nota na redação do Enem 2018 da cidade de Canindé de São Francisco, Sergipe.


Por Damião Feitosa do Jornal do Sertão
Jornalista DRT 5839/BA
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário