Valdevan 90 é solto após decisão do Supremo Tribunal Federal

Foto: Internet

Foi solto após uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) na tarde deste sábado (12) o deputado eleito Valdevan Noventa (PSC), que havia sido preso pela Polícia Federal (PF) em 7 de dezembro do ano passado, em Aracaju. Também foram estabelecidas algumas medidas cautelares, que ainda não foram divulgadas.

Segundo a Polícia Federal, ele havia sido detido preventivamente após diligências da 'Operação Extraneus' que apura a inserção de declarações falsas na prestação de contas de campanha por parte do candidato eleito durante as eleições de 2018. Ainda de acordo com a assessoria da PF, as investigações apontaram que ele utilizava-se de ‘laranjas’ para a realização de diversas doações em favor da sua campanha.

Segundo a procuradora do Ministério Público Federal, Eunice Dantas, durante a análise da prestação de contas do deputado eleito foi verificado que, após o período de eleições, foram registradas 85 doações todas no valor de R$ 1050, o que chamou a atenção do MPF. As doações teriam sido feitas por moradores das cidades de Arauá e Estância.


Informações do G1 Sergipe
Google Plus

2 comentários:

  1. Mais um.bandido nas ruas
    Só pq no Brasil a justiça é a mais corrupta do mundo.

    ResponderExcluir
  2. Brasil é o únicos país do mundo que bandido tem vez e pode chegar a ter ser presidente

    ResponderExcluir