Pai e filho suspeitos de homicídios morrem em confronto com a polícia no interior de Canindé de São Francisco, Sergipe

Foto: Secretaria de Segurança Pública do Estado de Sergipe

Nas primeiras horas desta sexta-feira, 30 de novembro de 2018, policiais das Delegacias de Polícia Civil das cidades de Canindé de São Francisco e Poço Redondo, região do Sertão de Sergipe, foram cumprir quatro mandados de prisões, expedidos pela Justiça dos Estados de Pernambuco e Alagoas. Durante o cumprimento dos mandados, os policiais foram recebidos por disparos de espingarda, calibres 28 e 36, na comunidade Pelado, interior de Canindé de São Francisco. Após confronto com os agentes, dois suspeitos identificados como: Adeildo Porfírio da Silva, 62 anos, conhecido como “Del de Porfírio”, e Carlos Daniel Ferreira da Silva, conhecido como “Carlinhos”, 26 anos de idade, foram atingidos e levado para o Hospital Municipal Haydee de Carvalho Leite Santos, mas não resistiram aos ferimentos e evoluíram a óbito.
Foto: Secretaria de Segurança Pública do Estado de Sergipe

Os dois homens eram investigados pelas polícias de Sergipe e da Bahia. Ainda de acordo com informações policiais eram pai e filho. "O trabalho de investigação está focado no combate aos crimes contra a vida, consequentemente na prisão dos seus autores. Os indivíduos eram acusados de diversos homicídios, assim como há indícios da participação de ambos em crimes na região onde estavam residindo, na divisa de Sergipe com o Estado da Bahia. Existiam três mandados em aberto para o pai e um para o filho, por isso foram quatro”, afirmou o delegado Fábio Santana.

Na ação policial foram apreendidas as duas espingardas, 29 munições e quatro cartuchos. Um dos crimes nos quais os suspeitos estão envolvidos é o da morte do outro filho de Adeildo, Genivaldo Porfírio da Silva, 21 anos, irmão de Carlos de Daniel. O fato aconteceu em setembro de 2016, em um bar na Zona Rural de Itaíba, no Distrito de Negras, em Pernambuco. O motivo da discussão teria sido uma motocicleta. 

"É importante, ainda, que a sociedade continue colaborando ligando para o disque denúncia da Polícia Civil, através do número 181, é gratuito e sigiloso, assim como já existe o aplicativo para o mesmo fim. Ou diretamente para a Delegacia de Canindé de São Francisco, através do número 3346-1309, e para a Delegacia de Poço Redondo, pelo número 3337-1757, passando informações acerca de crimes que ocorreram ou estão acontecendo no município, bem como acerca de suspeitos e foragidos", ressaltou o delegado Fábio Santana.


Por Damião Feitosa do Jornal do Sertão
Jornalista DRT 5839/BA
Informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Sergipe

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário