Quatro empresários são presos em operação no estado de Sergipe

Foto: Internet (Ilustração)

Uma operação do Ministério Público de Alagoas em parceria com promotorias dos estados de Sergipe e da Bahia resultou na prisão de 08 pessoas na manhã desta terça-feira 17 de julho de 2018. Segundo o MP, os presos fazem parte de uma organização criminosa especializada em corrupção de agentes públicos, lavagem de bens e falsificação de documentos, gerando um prejuízo de aproximadamente R$ 197 milhões de reais aos cofres públicos.

A operação nomeada “Placebo” prendeu um auditor-fiscal, empresários e laranjas (aquele que empresta nome para esconder beneficiário de crime). 18 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 17ª Vara Criminal de Alagoas, foram cumpridos nos três estados.

Os envolvidos presos no estado de Alagoas foram identificados como: Carlos Antônio Nobre e Silva (auditor-fiscal); Márcio André de Lira; Erasmo Alves da Silva Filho e Benedito Alves dos Santos Júnior (contador). Os quatros empresários presos em Sergipe foram identificados como: Antônio Monteiro dos Santos, Arnaldo Monteiro dos Santos, Vanessa Vera Ribeiro e Jenisson Paulino da Silva Ribeiro.

Ainda segundo as informações do G1 Sergipe, são procuradas em Feira de Santana, na Bahia, as empresárias Maria Edenilce Monteiro dos Santos e a filha Sílvia Santos Borges, que estão foragidas.

Por Damião Feitosa do Jornal do Sertão
Jornalista DRT 0005839/BA
Com Informações do G1 Sergipe


Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário