Prima de Marta é a única menina a disputar campeonato municipal em time masculino na cidade de Canindé/SE

Foto: Arquivo Jornal do Sertão

A jogadora Daise Santos de Souza, nascida no ano de 2004, natural da cidade alagoana de Dois Riachos, prima da jogadora Marta Vieira da Silva (Marta), atualmente disputa o Campeonato Municipal de Futebol de Campo Sub-15, na categoria masculina, na cidade de Canindé de São Francisco, região do sertão sergipano, sendo a única menina a disputar o torneio.
Conversamos com Daise que nos informou que desde os 05 anos de idade prática o futebol, sua primeira equipe foi a escolinha do CSA (Centro Sportivo Alagoano) com sede em Maceió/AL. Nos campeonatos e jogos de futebol de campo sempre disputou em times masculinos, já no futsal Daise joga nos times femininos.
A partida realizada no último sábado 19 de maio de 2018, a equipe Atletas de Cristo, a qual a jovem jogadora atua na posição de volante, venceu o time Chuteira de Ouro por 3x1, classificando para a final que será disputada no próximo sábado dia 02 de junho.

O treinador Tony Inácio conversou com nossa equipe e falou sobre a participação da atleta no clube:
Tony Inácio: “É uma honra que estamos trazendo Daise, da cidade de Dois Riachos, prima da Marta, foi um convite de um amigo meu que também é primo da Marta e já jogou comigo, lutei muito para que ela participasse da competição, foi difícil, mas conseguimos. Hoje ela é uma das titulares da equipe”.

Ao final do jogo, Abraão Travassos, conversou com Daise: “O que você achou do jogo, qual foi o desempenho da equipe”?
Daise Santos: “O jogo foi muito pegado, acho bom jogar na minha posição de volante, foi um primeiro tempo disputado, mas saímos com um resultado positivo”.

Abraão Travassos: “Qual a perspectiva para o jogo da final”?
Daise Santos: “Espero que seja um jogo muito bom, que a equipe saia com o resultado melhor e o título que é o mais importante, vamos nos preparar para vim com mais garra, mais raça e sair com o título” complementou.

Daise afirmou a nossa equipe que sonha à partir dos 16 anos de idade em realizar testes e investir em sua carreira profissional de atleta.

Por Damião Feitosa do Jornal do Sertão
Apoio na reportagem, Abraão Travassos

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário