Brasil quer colocar alerta para altos teores de gordura, sal e açúcar na frente dos rótulos dos alimentos


Foto: USP
Uma nova política para conter doenças associadas à alimentação está sendo colocada em curso no país: o governo deve negociar com empresas um alerta no rótulo dos alimentos, na parte da frente das embalagens, para indicar altos teores de gordura, sal e açúcar. O principal objetivo é conter o avanço de doenças relacionadas ao consumo exagerado desses alimentos, que aumentam o risco de condições como diabetes, hipertensão, problemas cardiovasculares e obesidade.
A ideia é que os alertas complementem a tabela nutricional, geralmente disposta na parte posterior. Símbolos e cores serão utilizados para facilitar a visualização. A base da informação também deve considerar cada 100g ou 100ml de alimento para maior padronização dos dados.
O primeiro passo para essa nova política foi dado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que aprovou versão inicial do documento na segunda-feira (21). Essa versão ficará disponível para contribuição da comunidade científica por 45 dias. Depois, a agência vai fazer a redação da norma, que ficará à disposição por 60 dias para novas contribuições. A expectativa é que até o final do ano a regulamentação seja publicada.

Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário