Líder do governo, André Moura, concede entrevista ao Jornal do Sertão

Foto: Victor Moura
Na tarde do último sábado, 09 de dezembro, o Deputado Federal por Sergipe, André Moura, do Partido Social Cristão (PSC), líder do governo no Congresso Nacional, esteve visitando as cidades do sertão sergipano, incluindo a cidade de Canindé de São Francisco. Durante sua visita, o deputado conversou com nossa equipe. Confira na íntegra a entrevista.

Damião Feitosa: “Deputado, hoje sua agenda foi e estar sendo de muita produtividade no sertão sergipano, quais os municípios que foram visitados pelo seu mandato? Na cidade de Canindé de São Francisco houve a sensação de dever cumprido ao entregar simbolicamente 50 chaves aos moradores contemplados com as residências”?

Deputado Federal André Moura: “Visitar o sertão sergipano para mim é motivo de muita alegria. Iniciamos nosso dia passando na cidade de Monte Alegre de Sergipe, posteriormente Porto da Folha, onde visitamos o Movimento Quilombola Mocambo e realizamos a entrega de 100 títulos de créditos para cem famílias, no valor de R$ 5mil e 200 reais por família. Deixamos apenas no Mocambo mais de 500mil reais, para que eles possam montar seus pequenos negócios (Salão de beleza, lanchonete, enfim.) com o objetivo de gerar emprego, gerar renda para a localidade, movimenta a economia de Porto da Folha. Posteriormente estivemos em Poço Redondo, e ao lado do Prefeito Júnior Chagas, no Assentamento Cajueiro, fizemos a entrega de 70 Títulos de Domínio. São 112 famílias assentadas e todos receberão seus títulos de domínios, não entregamos a todos durante o dia de hoje por uma questão de documentação, mas todos irão receber. E de lá chegamos a Canindé de São Francisco, que ao lado do Prefeito Ednaldo Vieira Barros, dos vereadores Tutucha e Ronildo, de tantos outros queridos amigos, fomos até o Assentamento Quilombola da Rua dos Negros, no Povoado Curituba, e tornamos realidade o sonho da casa própria para 50 famílias, entregando a chave simbólica de 50 casas populares do Programa de Habitação Rural do Governo Federal (PNHR).

Damião Feitosa: “Também está havendo um empenho muito grande do seu mandato com o sertão de Sergipe. Quais são as dificuldades enfrentadas, em sua opinião, pelo povo sertanejo e quais são as suas prioridades”?

Deputado Federal André Moura: “As dificuldades são muitas, principalmente o problema da seca e da falta de água no sertão sergipano. Uma das prioridades do nosso mandato é conseguirmos viabilizar o inicio das obras de construção do Canal Xingó. Há muitos anos ouvimos falar dessas obras, muitos já prometeram inclusive se fosse eleito governador e até hoje nem projeto foi feito. Durante esta semana conseguimos viabilizar os recursos necessários para iniciar a confecção da primeira etapa do projeto do Canal Xingó. É a primeira etapa que sai da captação da água em Paulo Afondo/BA chegando ao Povoado Curituba, em Canindé de São Francisco/SE. Os recursos já foram viabilizados está semana, se Deus permitir até o final de 2018, vamos licitar o inicio das obras da Primeira Etapa do Canal Xingó. Viabilizamos agora os recursos para fazer o projeto que custa 25 milhões, já havíamos conseguido 20, faltavam apenas 5 milhões que foram conseguidos agora. Muito em breve vamos ver esse sonho se tornando realidade, que é um dos maiores sonho do sertanejo, que com o canal vão ter água em abundância para poder irrigar as suas plantações, gerando emprego e renda”.

Damião Feitosa: “Como líder do governo no Congresso Nacional, também está havendo um empenho do Presidente Michel Temer (PMDB) em amenizar os efeitos causados pela seca, que é um fator natural, porém que afeta diretamente a população no sertão”?

Deputado Federal André Moura: “Também, a prova maior disto é a construção do Canal Xingó, não tínhamos os recursos para contratar o projeto, só a primeira etapa que sai de Paulo Afonso/BA e vem até o Povoado Curituba em Canindé/SE, são cerca de 114 KM, são 25 milhões de reais que custa o projeto, e foi graças ao nosso empenho, e ao nosso pedido junto ao Presidente da República, Michel Temer (PMDB), e a sensibilidade dele de entender que é necessário ajudar o sertão sergipano. Mesmo porque, o Canal Xingó foi projetado como uma compensação do governo federal à transposição do Rio São Francisco. Foi projetado, Canal Xingó em Sergipe e o Canal do Sertão em Alagoas. O governo de Alagoas pela força política conseguiu iniciar as obras e já está nas sua quinta e última etapa, quatro etapas já foram concluídas e entregue aos sertanejos em Alagoas, estar na quinta e última etapa de obra já chegando em Arapiraca/AL e Sergipe nem se quer conseguiu viabilizar os recursos para fazer o projeto. Agora foi que o Deputado André Moura conseguiu viabilizar os recursos para conseguir fazer o projeto, que ficará pronto até o inicio do segundo semestre de 2018, para que nós possamos licitar a obra e iniciar, este que é sem dúvidas alguma, o maior sonho a tornar-se realidade do sertanejo sergipano, que é a construção do Canal Xingó”.

Damião Feitosa: “Durante sua fala na Secretária Municipal de Agricultura, você falou do seu compromisso com a gestão do município de Canindé de São Francisco, em tentar solucionar alguns dos problemas que o município vem passando, também houve algumas demandas passadas por alguns líderes municipais, quais serão as próximas lutas do seu mandato para o povo de Canindé”?


Deputado Federal André Moura: “A minha luta é a luta do mandato do Prefeito Ednaldo, meu compromisso é com o mandato dele, com a gestão dele, que é uma gestão de Canindé de São Francisco. Sabemos que o prefeito tem se dedicado muito a gestão, sabemos da dificuldade que ele tem encontrado, sabemos que ele herdou uma herança maldita do governo anterior, você não consegue arrumar uma casa com tantos problemas que ele herdou, em tão pouco tempo. Eu sei que o prefeito Ednaldo está cumprindo sua missão, sabemos que não é um dos mais fáceis, a crise é grande, Canindé perdeu arrecadação, estamos tentando aprovar um projeto que corrige essa injustiça cometida de tirar recursos dos municípios sede de usinas hidrelétricas, como é o caso de Canindé de São Francisco que produz energia e não é justo o que foi feito, estamos tentando corrigir essa injustiça. Ajudar a corrigir isso é ajudar a gestão do prefeito Ednaldo e ajudar a Canindé, nosso compromisso é com a gestão e principalmente com o povo canindeense”. 

Por Damião Feitosa do Jornal do Sertão
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário