Dezembro Vermelho: no mês de prevenção da Aids, SES realizará palestras e disponibilizará testes rápidos


Com base na Lei 13.504/2017, sancionada pelo presidente da República, Michel Temer, que institui a Campanha Nacional de Prevenção à Aids e Demais Infecções Sexualmente Transmissíveis, chamada de Dezembro Vermelho, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizará no próximo mês diversas ações de prevenção à doença, para sensibilizar a população sobre a importância do uso do preservativo nas relações sexuais. Além disso, serão ofertados testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C, através da Unidade Móvel do Programa IST/Aids da SES, em locais públicos da cidade.
“Realizaremos ações educativas para públicos diversos. Teremos palestras em escolas, empresas, praças da cidade e também a oferta dos testes rápidos para estimular as pessoas a fazerem os exames. Nosso objetivo no Dezembro Vermelho é conscientizar a população sobre a prevenção à Aids porque, infelizmente, muitas pessoas continuam não utilizando o preservativo nas relações sexuais. Para se ter uma ideia, de acordo com pesquisas, 50% da população usa camisinha nas relações ocasionais, o que é muito preocupante, já que temos várias campanhas de conscientização e também preservativos disponíveis nas Unidades de Saúde da Família (USF)”, disse o gerente do Programa da SES, Almir Santana.
Em Sergipe, de 1987 até este ano, foram notificados 6.027 casos de HIV/Aids, sendo 4.011 homens e 2.016 mulheres. Almir alerta que os casos não param de crescer no Estado, assim como em todo o país. “Precisamos falar muito mais da Aids porque os casos da doença tem sim crescido e isso deixa claro que muitas pessoas continuam relaxando quanto ao uso do preservativo”, declara.

Prevenção
Além do preservativo, outros métodos de prevenção serão difundidos durante a campanha, como a Profilaxia Pós-Exposição ao HIV (PEP) – medicação que pode ser tomada até 72h depois da exposição a uma situação de risco -, e a Prevenção Combinada, que é o uso de medicamentos que diminuem a carga viral, reduzindo as chances de um portador de HIV transmitir o vírus para outra pessoa durante a relação sexual.
“O uso do preservativo é fundamental para a prevenção à Aids e continuará sendo, mas para determinadas situações, existe também a PEP e a Prevenção Combinada que também são utilizadas na prevenção a doença. O vírus da Aids não faz escolhas e pode atingir qualquer pessoa, mas há formas de prevenção e é justamente isso que precisamos divulgar cada vez mais”, conclui o gerente do Programa IST/Aids.

Ações
Entre as ações que serão realizadas este mês, estão: roda de conversa na Rua São João, no conjunto Santo Antônio, na próxima quinta-feira, 30, às 7h30; a oferta dos testes rápidos com a Unidade Móvel na Praça General Valadão, no dia 1 de dezembro, das 8h às 16h e também no dia 3 no SESC do conjunto Marcos Freire, em Nossa Senhora do Socorro.

Fonte: ASN
Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário